Languages

  • Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura
  • A agricultura, prioridade para o desenvolvimento sustentável das Américas

Cooperação técnica é chave para o desenvolvimento sustentável do cooperativismo das Américas

Cooperação técnica é chave para o desenvolvimento sustentável do cooperativismo das Américas

Na V Cúpula Cooperativa das Américas, realizada na Argentina, o Coordenador Regional do IICA para a Região Sul, Caio Rocha, destacou o papel desempenhado pelo cooperativismo no agro e a importância da cooperação técnica no tema

Buenos Aires, 26 de outubro de 2018 (IICA) - Representantes de cooperativas, governos e agências internacionais, incluindo o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), se reuniram na V Cúpula Cooperativa das Américas, realizada em Buenos Aires, Argentina, para analisar o cenário atual, discutir propostas e definir iniciativas conjuntas baseadas no desenvolvimento do cooperativismo na região.

No âmbito da V Cúpula da Cooperativa das Américas, o IICA e a
Cooperativa das Américas assinaram um acordo de cooperação.
Foi assinado pelo Coordenador Regional do IICA para Região Sul,
Caio Rocha (primeiro da direita para a esquerda) e pelo Diretor
Regional das Cooperativas das Américas, Danilo Salermo (centro).
Eles foram acompanhados pelo Representante do IICA na
Argentina, Federico Ganduglia

O evento, sob o tema "O cooperativismo no momento dos desafios globais", atraiu mais de 1.500 participantes de 42 países, e buscou, também, fortalecer as organizações cooperativas de forma empreendedora, em diálogo com toda a economia social e solidária, como atores para promover a defesa do planeta e a construção de um sistema financeiro a serviço do desenvolvimento sustentável.

A cúpula foi organizada pela Cooperativa das Américas, região da Aliança Cooperativa Internacional, e durante seus diferentes painéis temáticos foram apresentados trabalhos em torno de três eixos: desafios globais e possíveis soluções em defesa do planeta; a construção de um sistema financeiro a serviço do desenvolvimento sustentável; e os novos caminhos da integração cooperativa, um debate estratégico para fortalecer e dinamizar o movimento.

O Coordenador Regional do IICA para a Região Sul, Caio Rocha, foi quem representou o Instituto e, durante sua intervenção no painel "Políticas públicas para o setor cooperativo agropecuário e a agricultura familiar", destacou o papel desempenhado pelo cooperativismo no agro, e a importância da cooperação técnica no tema.

"A união dos produtores rurais por meio do cooperativismo permite promover processos participativos e solidários, para superar as imperfeições do mercado, já que se compra e se vende mais barato, ajudando, assim, agricultores e consumidores. A cooperação técnica internacional se coloca como uma importante solução para o incentivo ao cooperativismo, uma vez que é possível promover o intercâmbio de conhecimento, tecnologias, pesquisas e boas práticas, a um custo muito baixo ", explicou Rocha.

Rocha também ressaltou a disposição do IICA em ser um facilitador e uma "ponte" através de suas Representações no hemisfério, entre instituições públicas e governos; e entidades privadas e o setor cooperativo.

O Coordenador Regional do IICA para a Região Sul também apresentou o panorama geral das cooperativas agrícolas nas Américas. Ele citou o caso do Brasil, onde mais de 1.600 cooperativas reúnem 4 milhões de agricultores familiares, as quais têm apoio do Estado e, graças à pesquisa agrícola, tecnologia, inovação e boa assistência técnica, alcançaram tal crescimento.

Acordo de cooperação
Na cúpula, o IICA e a Cooperativa das Américas firmaram um acordo de cooperação para desenvolver ações conjuntas em áreas como o desenvolvimento produtivo baseado em cadeias de bioeconomia; a formulação de políticas e programas de desenvolvimento territorial e agricultura familiar; a promoção do comércio agroalimentar, a mitigação dos efeitos das mudanças climáticas e ações ligadas ao gênero e à juventude. A parceria dará continuidade à cooperação existente entre as duas organizações desde 2014.

"Parcerias com organizações internacionais são um compromisso estratégico para cumprir a Agenda 2030. Esta cúpula é um marco na história do movimento cooperativo. A integração regional deve nos servir para o desenvolvimento do empreendedorismo cooperativo. Somos os melhores atores com os quais eles contam para fortalecer a cooperação", disse o atual presidente das Cooperativas das Américas, Ariel Guarco.

Edições anteriores da Cúpula Cooperativa das Américas foram realizadas em Guadalajara, México (2009), Cidade do Panamá, Panamá (2012), Cartagena, Colômbia (2014) e Montevidéu, Uruguai (2016).

Sobre o IICA
É o organismo internacional especializado em agricultura do Sistema Interamericano. Sua missão é estimular, promover e apoiar os esforços de seus 34 Estados-membros para alcançar o desenvolvimento agrícola e o bem-estar rural, por meio da cooperação técnica internacional de excelência.

 

Ir Arriba