• Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura
  • A agricultura, prioridade para o desenvolvimento sustentável das Américas

IICA recebe a condecoração Bandeira Azul Ecológica com nota 100

IICA recebe a condecoração Bandeira Azul Ecológica com nota 100

A distinção na categoria de diplomacia ecológica foi recebida pela Sede Central do organismo especializado em agricultura, localizada na Costa Rica, e suas representações no Brasil e na Colômbia.

O Subdiretor Geral do IICA, Lloyd Day, foi o encarregado de receber a Bandeira Azul Ecológica outorgada à Sede Central do Instituto e a suas representações no Brasil e na Colômbia. A condecoração foi recebida das mãos do Chanceler da Costa Rica, Manuel Ventura.

São José, Costa Rica, 18 de março de 2019 (IICA). A Sede Central na Costa Rica e as representações do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) no Brasil e na Colômbia receberam a Bandeira Azul Ecológica (BAE) na categoria de diplomacia ecológica, reconhecimento obtido por um modelo de gestão caracterizado por uma cultura ecológica que fomenta economias de água, papel, combustíveis fósseis, energia elétrica e educação ambiental.

A distinção foi outorgada em um ato oficial no Ministério das Relações Exteriores e Culto da Costa Rica, no qual participou o corpo diplomático credenciado desse país, encabeçado pelo Chanceler Manuel Ventura e o diretor executivo do Programa Bandeira Azul Ecológica, Darner Mora. No ato também foram premiadas 13 embaixadas e outros organismos internacionais.

“É uma honra parabenizar aos premiados por seus esforços realizados. E não menciono isso apenas como um elogio, mas como uma pessoa comprometida com a preservação do ambiente. Vocês, de maneira voluntária, assumiram os compromissos ambientais do programa Bandeira Azul Ecológica e sei que incentivarão outras organizações”, mencionou o ministro Ventura.

O IICA iniciou o processo de certificação da sua Sede Central em fevereiro de 2018 e, para obter o reconhecimento com qualificação 100 e cinco estrelas, realizou, mediante seu Comitê da Bandeira Azul Ecológica, palestras e workshops de capacitação dirigidos aos funcionários com ênfase no uso eficiente da água, na economia de energia e no descarte de resíduos; foram colocados recipientes para receber os resíduos recicláveis e árvores foram plantadas.

Além disso, um centro educativo foi visitado, para compartilhar a importância de cuidar do ambiente com os estudantes, as zonas fronteiriças de Coronado, onde se localizam suas instalações centrais, foram limpas e foram implementadas diretrizes para eliminar o papel em suas reuniões de órgãos de governo.

“No IICA, buscamos transformar o modelo de gestão, procurando mitigar o impacto das ações no ambiente pela mudança para padrões de consumo sustentáveis. Comprometemo-nos a continuar os esforços para obter a condecoração a cada ano. Em 2019, exploramos a possibilidade de colocar painéis solares, trabalhar em uma política ambiental e avançarmos para nos convertermos em uma instituição de carbono neutro”, comentou o Subdiretor Geral do organismo especializado em agricultura das América, Lloyd Day.

Os funcionários e membros do Comitê BAE do IICA, Rónald Menéses e Adriana Alpízar, junto ao Subdiretor Geral, Lloyd Day, mostrando a bandeira que foi outorgada com cinco estrelas à Sede Central do organismo especializado em agricultura das Américas.

No caso da representação do IICA no Brasil, isso foi conseguido graças a uma coordenação gerencial estratégica que contou com a experiência adquirida no Programa de Gestão Ambiental desse escritório, denominado “IICA Sustentável”, que permitiu o desenvolvimento de ações como a captação e reutilização da água de chuva para a lavagem da frota veicular e da área externa; a produção de alimentos para o consumo de funcionários e visitantes por uma horta orgânica e comunitária, bem como a produção de adubo orgânico, entre outras coisas.

Quanto à representação do IICA na Colômbia, o foco esteve em atividades associadas à educação ambiental e na integração de colaboradores e participantes em seus eventos técnicos. Ao mesmo tempo, a filosofia da Bandeira Azul foi levada a atores nacionais e estrangeiros no XII Fórum de Desenvolvimento territorial, ao qual assistiram 300 pessoas, em última instância, um evento de carbono neutro onde todas as emissões geradas na preparação e desenvolvimento do mesmo foram compensadas mediante o plantio de árvores em zonas de restauração ambiental.

Devido a esses casos de sucesso e ao compromisso da atual direção geral do IICA, a cargo de Manuel Otero, agora, em 2019, as representações do IICA em Belize, El Salvador e República Dominicana também iniciaram seu processo de certificação.

O Programa Bandeira Azul Ecológica (PBAE) é uma iniciativa criada na Costa Rica há mais de 20 anos para promover a organização de comissões locais que trabalhem pela proteção dos recursos naturais, pela implementação de ações para enfrentar a mudança do clima, pela busca de melhores condições higiênico-sanitárias e pela melhoria da saúde pública dos habitantes. A condecoração é gratuita e voluntária, sendo outorgada anualmente.

Mais informações:

Comitê da Bandeira Azul Ecológica do IICA.

bandera.azul@iica.int

 

Ir Arriba