Ir Arriba

Embaixadores da Boa Vontade do IICA

  • Michael Kremer

    Embaixador da Boa Vontade do IICA em questões de desenvolvimento sustentável

    Em reconhecimento por suas contribuições para dotar de sustento científico os programas de luta contra a pobreza

    Prêmio Nobel de Economia, em 2019, e Professor de Economia da Universidade de Harvard. Cofundador da organização Agricultura de Precisão para o Desenvolvimento (PAD, sigla em inglês).

  • Rattan Lal

    Embaixador da Boa Vontade do IICA em questões de desenvolvimento sustentável

    Em reconhecimento de suas contribuições e pesquisas para proteger a saúde do solo, elemento fundamental para o setor agrícola, a segurança alimentar e a saúde de todos os seres vivos.

    Prêmio Mundial de Alimentação, em 2020, distinto professor universitário de Ciências do Solo e diretor do Centro de Gestão e Captura de Carvão da Universidade do Estado de Ohio.

  • Hugo Sigman

    Embaixador da Boa Vontade do IICA nos temas de desenvolvimento sustentável

    Em reconhecimento pelas contribuições para a promoção dos ideais do Instituto e seu compromisso com o desenvolvimento da agricultura e das zonas rurais da América

    Médico psiquiatra e empresário argentino, fundador e CEO de Grupo Insud e fundador da Chemo, companhia farmacêutica global com presença em mais de 40 países, 14 instalações industriais e mais de 4.000 funcionários.

  • Jens Mesa Dishington

    Embaixador da Boa Vontade do IICA nos temas de desenvolvimento sustentável

    Em reconhecimento pelas contribuições para a promoção dos ideais do Instituto e seu compromisso com a agricultura, a segurança alimentar e o desenvolvimento equitativo e sustentável das zonas rurais da América

    Economista agrícola, Presidente Executivo da Federação Nacional de Cultivadores de Palma de Óleo (Fedepalma) da Colômbia desde 1989, reconhecido como um tenaz modernizador do setor agropecuário de seu país. A Fedepalma tem respaldado as políticas agropecuárias e rurais da Colômbia, como a agricultura por contrato, o reforço dos mecanismos institucionais que garantem a sanidade em prol de um maior acesso aos mercados internacionais e o fortalecimento das instituições relacionadas ao desenvolvimento do setor nos territórios rurais.

  • Susana Balbo

    Embaixadora da Boa Vontade do IICA nos temas de gênero e juventude rural

    Em reconhecimento a suas contribuições para a promoção dos ideais do Instituto e seu compromisso com a agricultura, a segurança alimentar e o desenvolvimento equitativo e sustentável das zonas rurais da América.

    É a primeira mulher enóloga da Argentina. Desde 1999, dirige sua própria vinícola, a Susana Balbo Wines, e é reconhecida internacionalmente pela qualidade e personalidade de seus produtos. Em dezembro de 2015, assumiu como deputada nacional pela província de Mendoza, Argentina, cadeira a que renunciou para se dedicar em tempo integral às tarefas de coordenação do Womam 20 (W20), o grupo de afinidade dedicado às mulheres no G20.