Ir Arriba

IICA participa do debate convocado pela Bayer para atingir 100 milhões de pequenos agricultores em países de baixa e média renda

Entre los diversos objetivos de la iniciativa, se encuentra brindar a los productores asistencia técnica a la medida, protección de cultivos e inclusión digital.
Entre os diversos objetivos da iniciativa está o fornecimento de assistência técnica individualizada aos produtores, proteção de cultivos e inclusão digital.

San José, 17 de setembro de 2020 (IICA). Cerca de 550 milhões de pequenos agricultores na América Latina e Caribe, Ásia e África fornecem 80% dos alimentos consumidos nessas regiões do mundo.

Até 2030, a Bayer tem como objetivo alcançar 100 milhões desses agricultores por meio de parcerias que fornecem serviços que os capacitam para uma produção sustentável, lucrativa e de baixo carbono.

O Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) é um dos parceiros da Bayer que participou de uma recente rodada virtual de discussões sobre a Estratégia para os Pequenos Produtores Rurais promovida pela empresa.

“A iniciativa da Bayer é muito importante, pois se baseia no modelo de alianças público-privadas com diferentes atores para atingir diversos objetivos”, disse Jorge Werthein, assessor especial da Direção Geral do IICA, que representou a o organismo internacional na reunião a convite de Lino Dias, Vice-Presidente de Pequenos Agricultores da Divisão de Crop Science da Bayer AG.

Entre os diversos objetivos da iniciativa se encontra fornecer aos produtores assistência técnica individualizada, proteção de lavouras e inclusão digital, com soluções que atinjam pelo menos dez dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS).

Werthein vinculou o compromisso da Bayer com os pequenos produtores rurais à aliança entre o IICA e a organização PAD (Agricultura de Precisão para o Desenvolvimento), fundada pelo Prêmio Nobel de Economia de 2019, Michael Kremer, que começará a ser implantada na América Latina e no Caribe. Métodos já utilizados na Ásia e na África com excelentes resultados de assistência técnica remota via celular.

“O acordo do IICA com o PAD pode contribuir para a iniciativa da Bayer de maneira muito eficiente, pois o objetivo do IICA é alcançar o maior número possível de pequenos agricultores na América Latina e no Caribe”, disse Werthein.

O PAD é um startup sem fins lucrativos que usa tecnologia, ciência de dados e economia comportamental para fornecer assistência técnica personalizada a pequenos agricultores por meio de telefones celulares, inclusive via SMS em regiões com cobertura 2G.

A parceria entre o PAD e o IICA inclui o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, que anunciou um programa piloto para levar a metodologia a 100 mil pequenos agricultores da região Nordeste do Brasil.

“A ação começa com 100 mil produtores no Brasil, mas logo se espalhará para outros países da América Latina e Caribe”, disse Werthein.

Lino Dias agradeceu a participação do IICA e afirmou que o organismo internacional é um dos parceiros preferidos da multinacional para a execução dos trabalhos da empresa.

A iniciativa da Bayer visa atingir pequenos agricultores que cultivam áreas de até 10 hectares em países de baixa e média renda em três continentes e visa promover o acesso a formação (treinamento), financiamento, equipamentos e mercados.

Segundo dados da Bayer, dos cerca de 550 milhões de pequenos produtores nas três regiões, 350 milhões produzem apenas para subsistência e apenas 10% conseguem maximizar a renda.

O objetivo é orientar todos para a geração de uma renda estável e crescente, além de aumentar a segurança alimentar, princípio que está de acordo com a missão do IICA.

Mais informação:
Gestão da Comunicação Institucional do IICA. 
comunicacion.institucional@iica.int