Ir Arriba

Ministros da agricultura das Américas acordaram em fortalecer programa de sanidade do IICA para impulsionar o comércio

Manuel Otero, Director General del IICA y el Ministro de Agricultura de la República Dominicana, Osmar Benítez.
O Ministro da Agricultura da República Dominicana, Osmar Benítez (centro), juntamente com o Diretor Geral do IICA, Manuel Otero, durante o encerramento da Vigésima Reunião Ordinária da Junta Interamericana de Agricultura (JIA) 2019.

São José 1 de novembro de 2019 (IICA) – Os ministros e secretários encarregados da agricultura de 34 países das Américas acordaram em fortalecer o programa de Sanidade agropecuária do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), uma medida fundamental para impulsionar o comércio de produtos agropecuários no hemisfério ocidental.
A reunião ministerial realizada na Costa Rica, no âmbito do encontro bienal da Junta Interamericana de Agricultura (JIA), órgão de governo máximo do IICA, foi precedida por intensos debates sobre agricultura na era digital, sanidade, comércio, produtividade e sustentabilidade que contaram com a participação de altos funcionários de governos e representantes do setor privado.
Os ministros, juntamente com a aprovação do orçamento do IICA para 2020/2021, pediram apoio a novas parcerias estratégicas do Instituto e adotaram também um compromisso com as disposições sobre pesticidas do acordo da Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre a aplicação de medidas sanitárias e fitossanitárias.  
O Programa de Sanidade Agropecuária, Inocuidade e Qualidade dos Alimentos (SAIA) do IICA foca na promoção de um setor agrícola competitivo e sustentável capaz de proporcionar alimentos seguros por meio de políticas efetivas, para o que impulsiona o fortalecimento institucional, a harmonização de normas, o desenvolvimento de capacidades para adotar boas práticas e o atendimento de emergências sanitárias, fitossanitárias e de inocuidade, colocando o foco especialmente naquelas de natureza transfronteiriça.
Junto à decisão de fortalecer o Programa de Sanidade Agropecuária, Inocuidade e Qualidade dos Alimentos (SAIA) do IICA, com quatro décadas de experiência e resultados constantes para os países, os ministros pediram, também, para consolidar o pujante Centro de Interpretação do Amanhã da Agricultura (CIMAG), que funciona na Costa Rica, para sua utilização e eventual réplica nos Estados membros do Instituto.
Inaugurado pelo Diretor Geral do IICA, Manuel Otero, o CIMAG é fruto de uma parceria entre a Microsoft e o organismo hemisférico especializado em desenvolvimento agrícola e rural criado para destacar o papel fundamental do setor agropecuário para a vida humana e a sustentabilidade, sobretudo entre as novas gerações. Trata-se de um espaço interativo de experimentação virtual para aprender sobre a agricultura.
“Renovamos o compromisso por um IICA 4.0, sensível e próximo aos verdadeiros problemas que limitam o potencial da agricultura e, portanto, o desenvolvimento dos países das Américas”, disse o Diretor Geral do IICA sobre a edição da JIA, presidida pelo Ministro da Agricultura da República Dominicana, Osmar Benítez.

 

Mais informações:

Comunicação Institucional, IICA

comunicacion.institucional@iica.int